Hack Lobisomem Powered by the Apocalypse – O que diabos eu estou fazendo???

Incrivelmente, estes posts deixaram de ser um passo a passo para a adaptação e criação de um Hack e viraram um diário sofrível de desenvolvimento amador.

Resultado de imagem para crying wolf flat

O que eu quero fazer?
– Eu quero juntar o meu cenário predileto e uma modelo de sistemas que eu acho muito elegante.

O que eu quero jogar?
– Eu quero vestir uma pele de lobo e ser tudo aquilo que eu temo da Natureza.
– Eu quero lutar pela natureza, pelo natural, pela volta de uma vida mais amena, mais próximo da terra, aceitando os desafios que isso traz consigo.
– Eu quero triunfar contra a corrupção, mesmo com grandes custos ou morrer gloriosamente defendendo o que é justo.
– Eu quero enfrentar o Apocalipse de frente, derrotar a Wyrm e a Weaver e tentar salvar Gaia.
– Eu quero interpretar um monstro, nem humano, nem lobo, nem espírito, mas um pouco de cada, parte de uma sociedade separada e com uma cultura rica e antiga.
– Eu quero explorar as paisagens místicas criadas pela Umbra, seus reinos e conhecer seus habitantes.
– Eu quero interagir com os espíritos de Gaia, que moldam e são moldados pelo mundo das trevas, usando dons e rituais para interagir.
– Eu quero pilotar uma máquina de matar sem limites e de plenos poderes que irá extirpar o câncer de Gaia.
– Eu quero causar o delírio, enquanto luto contra fomoris e malditos, usando os poderes dos espíritos e a fúria de Gaia.
– Eu quero imergir no Horror Gótico, cheio de segredos terríveis, onde existem mais igrejas do que fé, onde a opressão e a contracultura deixam o mundo estéril e dentro disso tudo ser a esperança.
– Eu quero seguir a Litania, conhecer minha Tribo, viver meu Augúrio, transcender minha raça.
– Eu quero subir de posto, aumentar minha seita, melhorar meu caern, empoderar o totem, guiar minha matilha para a conquista de Renome.

O que eu preciso para isso?
Bom, eu já tenho a Cultura, afinal, eu estou homenageando justamente o Cenário de Lobisomem o Apocalipse, falta o sistema. Na verdade, não falta, porque a Apocalipse Engine me permite fazer esta adaptação de forma muito simples. Então o que me falta? Emular estas experiências que eu quero jogar no sistema e isso, isso que está me matando, eu poderia adaptar mais rápido se eu não quisesse fazer tanta coisa ao mesmo tempo…. Idiota pretencioso…

O que eu tenho até o momento?
Vamos lá, até aqui o que eu tenho…., tudo e nada, vou explicar o que eu tenho e onde eu estou travado, quem sabe ao fazer isso eu destravo um pouco.

O que eu pensei até agora?
– O jogo todo gira em torno de conceitos de trindades. 3 Classes de Atributos com 3 tipos de forma de Agir, 3 Grupos de Habilidades, 3 Signos / Listas que definem o personagem e dão os valores das suas 3 Principais características, 3 Forças Primordiais do cenário que lutam entre si, 3 Tipos de atitudes que engrandecem o personagem, 3 raças pra nascer, 3, 3, 3, isso vem um pouco das mitologias que cercam o cenário, em especial a Celta, então isso é um Pilar que quero manter.
– O jogo atrai por muitos motivos, mas na média, é você poder liberar a fúria em algo bom para o planeta. Tudo no mundo do jogo corrobora para reforçar que seu personagem é o monstro que mata monstros piores para poder salvar o Mundo. Esse é o outro pilar e é um pilar complexo, porque ele direciona a experiência de jogo: Violência, Redenção, Aliviar a opressão da sociedade em um jogo brutal, corrigir ou fazer no mundo ficcional o que você não pode no real.
– Tem que ser enxuto, poucas regras e sem complexidade, mas com arcabouço para subjetividades e interpretações. Não pode haver dúvida na regra, mas tem que haver espaço para implementos de micro regras. O personagem tem que ter uma regra para hackear um pc, role+X, falha, sucesso parcial ou sucesso total, porém se ele quiser fazer isso através da umbra usando um espírito aranha, ativando um dom que o faz ver do outro lado da película em um laboratório Militar corrompido, ele também deve poder tentar, mas o teste é o mesmo? São mais testes? Bônus e Redutores?

O que eu tenho até agora?
– Cartilhas?
Isso ainda me incomoda, já que uma ficha é uma soma de 3 cartilhas, a Tribo, o Augúrio e a Raça, estou pensando em lidar com isso de forma estética, ou com fichas especiais, prontas, mas ainda não sei como lidar, provavelmente só vai haver uma ficha única, mas as vezes eu me vejo pendendo para Augúrios.

– Rolagens?
Estou em dúvidas na implementação, como disse, quero homenagear o Storyteller, mas sem perder a pegada AWE, então eu fiquei preso entre duas Abordagens:
– Rolagem de 2d10 que eu já falei antes no post anterior e
– 1D6 +/- XD6 dependendo dos seus bônus e com um lançamento de no mínimo 1, com um implemento de regra criado pelo Rafão Araújo da Lampião, que transforma 1,2,3 em falhas, 4 e 5 em sucessos condicionais e 6 em sucesso, só considerando o maior número alcançado do pool de dados.
Considerações: As duas mudam o padrão de 2d6 e homenageiam o Cenário. Na primeira de 2d10, eu precisaria de uma segunda rolagem para outras coisas, como dano ou o mesmo seria tabelado, na segunda de XD6, eu preciso harmonizar muito as características para que um jogador com -3 em um Atributo (sei lá) tenha tantos sucessos quanto um jogador com 0, ou ainda como limitar as quantidades de D6

– Atributos?
Eu estou firme em usar Fúria, Gnose e Vontade + Especializações, que seriam bônus para áreas de conhecimento específico, isso por si só já resolve boa parte de todas as rolagens….
Os inimigos têm os mesmos atributos? Um humano é o que: Fúria -1, Gnose -1, Vontade 0 e algumas especializações? Um fomori seria algo parecido? Um vampiro seria Sangue, Humanidade e Vontade? Um espírito de Gaia e um Maldito tem por exemplo Fúria 0, Gnose +2, Vontade -1 e algumas especializações e movimentos?

– Tribo, Augúrio e Raça?
São listas de escolhas ao criar o personagem que vão dar 1 movimento inicial e os índices básicos de Atributos e Renome.

– Renome e Posto?
Vou alterar o conceito de Renome para ficar mais próximo com XP, ou seja, se o jogador interpretar os Renomes, ele ganha XP, se interpretar raça, augúrio e tribo, ele ganha XP e ao acumular XP ele pode comprar uma marcação de Renome e de acordo com o augúrio subir de Posto (tem mais detalhes), se não ele pode usar o XP para (dentro de um limite) melhorar Atributos ou comprar movimentos.

– Metamorfose e Formas?
Transformar-se e usar outras formas requer um movimento básico, que pode receber bônus de outros movimentos (tipo qualidade).
Como as Características são reduzidas, as formas Glabro e Hispo ficam prejudicadas, já que os bônus são intermediários, eu ainda estou pensando em como compensar isso.
Olfato e Audição precisam ser melhores nas formas lupinas, para lidar com isso, vão existir movimentos especiais e bônus de utilização.

– Combate, Vitalidade e Regeneração?
Outro ponto sensível que é muito entrelaçado com as rolagens… Como causar dano? Usando o modificador de fúria + bônus de movimentos e equipamentos? E se eu usar o pool de XD6, usando a quantidade de sucessos? O que eu quero do combate? Rápido e mortal, lento e estratégico? Depois, como conciliar a Regeneração, não existe o conceito de Turno, então, em que momento o personagem regeneraria? Seria passivo? Esse conceito de tempo e mudança de tempo é importante e estou empacado nele. O mesmo conceito se aplica pra Vitalidade, se é algo que aumenta e diminui o tempo todo, com danos variados e agravados ou algo mais simples e rápido…

– Dons?
Movimentos, simples assim, testados com características específicas dependendo do movimento e da lista que se encontram. Preciso criar uma lista genérica para as qualidades, uma lista básica, uma para augúrio, tribo e raça e uma especial a de Antecedentes. Talvez eu crie um guia de criação, rs.

– Antecedentes?
Outro problema, são uma lista de Movimentos móveis, que pode ser implementada ou reduzida. Eu estou querendo transformar em algo mais simples, mas a variação de níveis atrapalha, porque geram subgrupos de regras, como Totem que é um aliado compartilhado, Rituais, que é outra lista de movimentos. A minha ideia é adaptar para movimentos que dão bônus e esse bônus ser a variação, mas como fazer isso pra Fetiche, que é algo importante no cenário.

– Seita, Caern, Matilha?
Anotações e fichas de jogo, como vilas, relacionamentos e tal.

– Equipamentos?
Simples dão bônus e rótulos.

O que está passando pela sua cabeça agora?
– Eu achei que usando a Regra do XD6 eu poderia implementar blocos de Atributos que se somariam, tipo Atributos Básicos (Fúria, Gnose, Vontade) + Renome para testes que envolvessem espíritos e outros Garous ou Atributos Básicos + Raça (Hominídeos, Lupino, Impuro) para interações com criaturas da wyld, weaver e Wyrm, Atributos Básicos + Especializações para testes contra situações envolvendo apenas o Garou. Mas isso complica o combate e pode gerar muito debate na mesa, além do que cada jogador teria uns 9 ou mais Atributos.

– Limar os Antecedentes…., são mecânicas muito complexas e muito individuais para você ter na sua ficha, pensando que você vai escrever na sua ficha tudo que seus movimentos fazem, alguns poderiam tomar muito espaço. A ficha tem que ser autônoma das Regras, então não pode ser uma lista de referências para consultas.

– Fico encucado com os testes, eu fico imaginando um check de 10 testes possíveis:
Hackear um PC – OK, + complicações, não…
Convencer um espírito a te ajudar – OK, sem falar a língua dele, não sei….
Usar um dom – OK,
Transformar-se – OK,
Seguir uma pista de um faro – OK,
Checar seus contatos / mentor / parentes e conseguir algo – OK
Usar seus recursos e comprar uma moto – Meio OK, Antecedentes…
Invocar um Totem e usar suas benesses – Meio OK, Antecedentes de novo.
Realizar um Ritual para criar um Caern – Meio OK, Antecedentes complicando.
Rasgar a cara de um fomori com as garras – Meio OK, Como eu faço o dano, e o Frenesi?
etc.

– Enfim, algumas mecânicas precisam de um ajuste, na verdade, eu preciso decidir o formato das rolagens, do dano em combate e da forma de uso dos Antecedentes, assim que eu superar isso, o resto se encaixa.


Esse post ainda pode sofrer revisões, então, entre em contato e nos mande suas ideias, suas opiniões e o que mais quiser!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s